Baixar
Fechar menu -

Respostas da sessão AMA com Adrian Eidelman

Neste post, o CTO da RSK, Adrian Eidelman, responde às perguntas do AMA de junho.

Quais são os próximos marcos principais de desenvolvimento?

Recentemente, compartilhamos com a comunidade um roteiro da RSK que inclui os marcos futuros: https://blog.rsk.co/noticia/development-roadmap/

As atualizações serão voltadas principalmente para segurança. Estamos na fase de implementação da Testnet da Wasabi 1.0.0, a próxima versão da RSKj, que inclui vários novos recursos e melhorias, como o Unitire, novos opcodes de VM, métodos de rastreamento de transação, entre outros. Após a finalização da implementação, teremos atingido o primeiro marco no roteiro. Mais informações sobre a Wasabi 1.0.0 podem ser encontradas aqui: https://blog.rsk.co/noticia/wasabi-release-v1-0-0/.

Já estamos trabalhando nos marcos do terceiro trimestre, que incluem recursos muito importantes, como metatransações e melhorias de sincronização de nó, ambos visando a uma melhor experiência do usuário.

 

Quais são as funções dos Embaixadores da RSK?

Os Embaixadores da RSK são pessoas que compartilham a nossa visão: O Bitcoin, a Blockchain e as tecnologias descentralizadas são promotores para o desenvolvimento de uma sociedade mais justa. Eles nos ajudam a espalhar a mensagem no mundo inteiro. Cada embaixador se concentra em atividades diferentes, alguns deles se voltam para a promoção de tecnologia entre desenvolvedores, outros para a orientação de empresas e governos a respeito do uso da RSK e alguns para programas de incubação, mas todos trabalham duro para fazer a mudança acontecer.

 

Quantos marcos do roteiro a RSK atingiu este ano?

Até agora, lançamos 4 versões diferentes da RSKj ao longo de 2019, começando com o ORCHID v0.6.0, e recentemente lançamos a pré-visualização da WASABI v1.0.0. Embora não exista uma frequência predefinida de lançamento, nosso objetivo é lançar novas versões com frequência, sempre incluindo novos recursos, correções de erros, atualizações de segurança ou melhorias de desempenho.

Alguns dos recursos que já foram lançados (na Mainnet, ou já no estágio de teste final na Testnet), incluem: novas opções de VM (STATIC_CALL, SHL, SHR, CREATE2), novos métodos de RPC JSON (eth_gasPrice, debug_traceTransaction), novos contratos pré-compilados de VM (HDWalletUtils, BlockHeader), Unitrie, entre outros. Uma lista completa dos lançamentos da RSK, com detalhes sobre as mudanças apresentadas, pode ser encontrada em https://github.com/rsksmart/rskj/releases.

 

Olá, você planeja implementar um mecanismo de staking no futuro? Se sim, quando seria o lançamento desse recurso? Quantos RIFs serão necessários para staking? 

O RIF Marketplace é o serviço que facilitará todos os mecanismos de garantia e de staking para outros serviços de RIF. No RIF Marketplace, todos os provedores de serviços de RIF oferecerão seus serviços e compartilharão seus registros históricos e reputação com os usuários. Essa reputação será melhorada pela garantia/seguro que eles estiverem dispostos a oferecer em RIF Tokens para assegurar a qualidade do serviço.

Além disso, todos os serviços de RIF serão consumidos utilizando o RIF Token. Os domínios de RNS atualmente são adquiridos usando RIF Tokens. A tecnologia RIF Lumino está disponível para cada token RSK, e o RIF Token já foi implantado na Lumino. Os usuários já podem abrir canais de pagamento fora da rede com garantia em RIF tokens. Além disso, o RIF Payments usará o staking de RIF como garantia para pagamentos entre tokens e entre blockchains. O RIF Storage e o RIF Communications usarão os canais de pagamento RIF como um mecanismo de incentivo para suas redes. Os RIF Gateways também serão consumidos usando RIF tokens, e seus fornecedores da Oracle garantirão a qualidade do serviço com garantias em RIF Tokens no RIF Marketplace.

 

Existem planos de unir-se a outros movimentos como o Blockchain for Humanity?

Acreditamos que a Bitcoin e as DLTs têm o potencial de definir as bases de uma nova rede das redes descentralizada e programável para o armazenamento e transferência de valores, uma Internet do Valor que pode mudar as vidas de um bilhão de pessoas na próxima década. Procuramos constantemente novos projetos que possam impulsionar a adoção de casos de uso alinhados a essa visão. Até agora, colaboramos em vários projetos que têm essa visão, não somente o Blockchain for Humanity, mas também o Circle of Angels, Didi e Bitgive, para citar alguns.

 

Quantos projetos você estima que a RSK desenvolverá?

Alguns casos de uso relevantes nos quais estamos trabalhando atualmente na RSK podem ser vistos no nosso site (https://blog.rsk.co/partners/). A página não lista todos os casos de uso em execução na RSK, existem outros projetos relacionados ao setor governamental, bancário, de jogos, logística, ferramentas de desenvolvimento e outros que estão começando ou serão lançados na RSK e serão anunciados em breve. Um bom exemplo é o caso de uso de um município na Argentina: https://es.cointelegraph.com/news/an-argentine-municipality-launches-blockchain-platform-for-neighbors-and-businesses-developed-by-koibanx-with-rsk-technology. Dito isso, nós lançamos várias iniciativas este ano, como a abertura do Estúdio de Inovação da RSK em São Francisco, o Fundo Ecossistemas e o lançamento de operações na Ásia que esperamos que servirá para estimular a adoção da plataforma.

 

Como você acha que a RSK se compara em relação a outros projetos, como o ETH ou o IOTA?

O Ethereum é o parente mais próximo da RSK. Ele é baseado em prova de trabalho, a RSK também, e eles compartilham uma interface de aplicativo e máquina virtual semelhantes. No entanto, existem diferenças importantes. 

Do ponto de vista econômico, o Ethereum tem um token especulativo nativo, Ether, e os efeitos de rede atualmente estão incitando o Bitcoin a tornar-se uma única criptomoeda forte que possa atuar como um armazenamento de valor para o ecossistema. Se essa tendência de consolidação do mercado continuar, o valor do Ether pode baixar. 

Além disso, o Ethereum é uma camada de contrato inteligente genérico ajustado para que os dApps tenham seus próprios tokens. Esses dApps só podem crescer e ser utilizados por milhões se o atrito imposto pelo Ether como token intermediário for removido. Essa força na comunidade obrigará o Ethereum (e qualquer outra plataforma de contrato inteligente) a uma dinâmica na qual as transações são pagas em tokens e os usuários se conectam a terceiros relacionados que recebem micropagamentos em tokens para pagar o incentivo da transação em ether para eles, algo conhecido como uma abstração econômica na prática. Portanto, o valor do ether pode estar em risco. Enquanto o staking de contrato inteligente é uma força opositora, alguns dos maiores projetos do Ethereum, como o MakerDAO, estão agora permitindo staking em tokens, então, o ether também está perdendo sua exclusividade como um mecanismo de staking. A RSK, ao contrário, usa o Bitcoin como seu token nativo, e não precisa incentivar seus usuários a acumular a moeda. 

Por fim, o Ethereum está se reconstruindo como uma blockchain de Prova de participação (PoS), principalmente porque atingiu seu fim de vida útil em termos de capacidade de escalabilidade. A migração para o Ethereum 2.0 representa um grande risco técnico, e a migração, se bem-sucedida, levará vários anos. Enquanto isso, sua base de usuários lutará para executar aplicativos em um ambiente caro cujo preço já saiu do mercado em relação ao preço de PCs padrão como nós completos. A RSK tem um plano de escalabilidade diferente, que é baseado na expansão conservadora de sua camada dentro da cadeia, usando técnicas de compactação e agregação, juntamente com melhor alocação de recursos, usando aluguel de armazenamento. Essa camada será ideal para as soluções de escalonamento de segunda camada, e estamos estimulando esses desenvolvimentos em nossa plataforma. As várias equipes que estão trabalhando nas redes de segunda camada precisam de uma camada estável dentro da cadeia, na qual elas possam confiar hoje e sempre. 

O IOTA tenta solucionar o problema de centralização de consenso fazendo com que cada usuário seja um minerador que forneça prova de trabalho incorporada em suas transações, e essas pequenas provas em massa garantem as transações passadas do ledger. Portanto, a segurança do IOTA depende fortemente de seu uso contínuo como mecanismo de pagamento. A descentralização é um objetivo nobre, mas mais importante ainda é ter uma estratégia sólida de como concretizá-la.  Satoshi criou um loop de feedback positivo quando adicionou um subsídio de bloco à blockchain. Ao contrário, o IOTA tem um problema não resolvido de bootstrapping. Durante anos, não era possível fazer bootstrap mesmo com a adição de um coordenador centralizado. Não era possível obter um nível mínimo de segurança termodinâmica. Recentemente, eles implementaram um protocolo de consenso totalmente novo para resolver isso. Talvez funcione, mas, ao analisar o histórico técnico do projeto, eu não contaria com isso. De qualquer modo, do ponto de vista técnico, o uso do consenso de ordem parcial impossibilita que o Tangle seja usado para contratos inteligentes com preservação de estado, o que limita sua funcionalidade. Por fim, usar a prova de trabalho (PoW) em todas as transações inviabiliza a possibilidade da verificação pública com base em SPV, como os métodos FlyClient ou NiPowPow, já que é necessário que todas as transações verifiquem a prova de trabalho. 

 

Existem conversas com novas bolsas para ajudá-los a implementarem a RSK?

Não buscamos, controlamos ou comentamos a respeito da possível integração de nossos ativos em plataformas digitais de negociação de ativos. Nosso foco contínuo como organização é aumentar a adoção da rede e desenvolver casos de uso e aplicativos que sejam voltados para a inclusão financeira e outras questões.

 

Qual é o objetivo da RSK no momento, juntamente com o RIF (porque acredito que estão relacionados)?

O Bitcoin iniciou uma revolução que estabeleceu as bases de uma nova Internet para a transferência de valor.

A RSK baseou-se nos recursos do Bitcoin, permitindo a celebração de contratos inteligentes. E o RSK Infrastructure Framework Open Standard (RIF OS) leva essa visão ainda mais além, ao tornar as tecnologias descentralizadas acessíveis a desenvolvedores, organizações e inovadores tradicionais, para que eles possam criar os aplicativos necessários para uma sociedade próspera e inclusiva.

A inclusão financeira é algo que nos toca profundamente e nos motiva todos os dias, em parte porque todos nós viemos de cantos do mundo onde experimentamos, em primeira mão, os desafios que crises econômicas sucessivas e governos ineficientes e incompetentes apresentam aos menos favorecidos. Esse quadro é compartilhado entre a maioria das economias emergentes ao redor do mundo, onde apenas uma pequena fração da população tem acesso a serviços financeiros adequados e, consequentemente, a oportunidade para melhoria é gigantesca e global.

A IOV Labs opera como uma empresa movida por propósitos, buscando promover e desenvolver a próxima geração de infraestrutura aberta baseada em blockchain, que trará uma inclusão financeira global e eliminará a lacuna entre essa nova tecnologia e sua adoção em massa. Acreditamos que o Bitcoin e sua tecnologia Blockchain distribuída têm o potencial de ser a base para uma nova rede de redes descentralizadas e programáveis para a reserva e transferência de valores. Uma Internet do Valor que possivelmente mude as vidas de um bilhão de pessoas na próxima década.  

 

Você acha que a comunidade de criptomoedas precisa de mais regulamentações? Se sim, de que tipo?

As regulamentações em geral são um assunto bastante complexo.  Mais ainda no caso de Blockchain, e, evidentemente, essa não é a minha área de especialidade. Então, prefiro repassar essa pergunta para os advogados e reguladores que certamente estão pensando sobre isso.  Posso acrescentar apenas que, em última análise, acredito que provavelmente o mercado em si determinará quais são as principais regulamentações necessárias no espaço.

 

Existem incentivos para executar um nó Lumino ou RSK para quem não é minerador?

Ao executar o nó RSK, você não somente verifica a validade de suas próprias transações, mas também se as regras do sistema não podem ser alteradas por nenhum grupo de minoria. Portanto, é do interesse dos usuários da RSK executar nós completos por conta própria. Dito isso, nós projetamos, e estamos desenvolvendo agora, o primeiro sistema descentralizado para fornecer um nó completo, de modo que no futuro poderemos incentivar nós completos (veja a nossa apresentação da Devcon3 sobre Prova de armazenamento de blockchain único). Essa tecnologia permitirá a recompensa econômica de nós completos no futuro, que poderá ser usada para recompensar os nós completos RSK e Lumino.

 

Existe uma correlação entre endereços BTC e endereços RSK, apesar de ambos se parecerem com endereços ETH?

Os endereços RSK são semelhantes a endereços ETH. Para evitar que os usuários enviem fundos por engano para endereços ETH ou vice-versa, implementamos um mecanismo de teste por soma de endereço que pode ser implementado em qualquer rede semelhante à do Ethereum. Embora o mecanismo não seja aplicado no nó em si, é importante considerá-lo para o nível do cliente (nas carteiras, por exemplo). O mecanismo de teste por soma é descrito no seguinte RSKIP: https://github.com/rsksmart/RSKIPs/blob/master/IPs/RSKIP60.md.

 

Poderia explicar em detalhes do que se trata o RNS?

O RIF Name Service (RNS) foi projetado para tornar a experiência do usuário mais amigável, fornecendo uma arquitetura que permite a identificação de endereços blockchain por nomes ou aliases legíveis para humanos. O RNS pode ser usado para identificar outros recursos pessoais, como endereços de pagamento ou de comunicação.

A centralização do acesso a múltiplos recursos associados a um nome legível para humanos melhora a experiência do usuário na plataforma de blockchain. Além da “facilidade de uso”, a introdução de um serviço de resolução de nomes, ou “alias”, reduz de forma significativa a probabilidade de erros. Como nomes de recursos podem mudar com o tempo, o sistema precisa ser flexível para suportar mudanças frequentes. Até agora, o RIF Name Service suportava apenas endereços criados na RSK Network, mas atualmente os usuários podem gerenciar vários tipos de moedas e ativos. 

Para obter mais informações sobre o RNS, acesse: https://www.rifos.org/rif-name-service/

 

Haverá um modo mais fácil (mais automatizado) de converter BTC em RBTC? Idealmente sem passar por um câmbio.

O mecanismo nativo de conversão de BTC em RBTC e vice-versa já existe e se chama paridade bidirecional. Na prática, quando um usuário pretende converter BTC em RBTC, alguns BTCs são bloqueados na Bitcoin blockchain, e a mesma quantidade de RBTCs é desbloqueada na RSK blockchain. Quando o RBTC precisa ser convertido de volta em BTC, o RBTC é bloqueado novamente na RSK blockchain, e a mesma quantidade de BTCs é desbloqueada na Bitcoin blockchain. Um protocolo de segurança garante que os mesmos Bitcoins não possam ser desbloqueados em ambas as blockchains ao mesmo tempo. Isso exige a finalidade da transação, e essa é a razão pela qual a paridade exigia centenas de confirmações de blocos para transações que desbloqueiam BTC ou RBTC.

Já que nem todos os usuários estão dispostos a esperar pelo número de confirmações de bloco exigidas, os câmbios oferecem um mecanismo mais rápido de obtenção de BTC/RBTC, mediante cobrança de uma taxa de câmbio. 

Este post de blog explica o design de paridade bidirecional da RSK em detalhes: https://blog.rsk.co/es/noticia/sidechains-drivechains-and-rsk-2-way-peg-design/. Além disso, mais informações sobre como usar o mecanismo de paridade bidirecional para converter BTC em RBTC podem ser encontradas aqui: https://github.com/rsksmart/rskj/wiki/BTC-RBTC-conversion

 

Você já considerou comprar de volta RIF Tokens desvalorizados dos câmbios considerando seu balanço massivo e as transações de RIF a 0,1x vs. BTC?

Estamos sempre analisando o que acreditamos ser o melhor para nos ajudar a concretizar nossos objetivos e metas de longo prazo.

 

Existe um guia passo a passo para mineração e configuração de nó?

Alguns posts de blog sobre mineração estão sendo feitos agora, e esperamos que eles sejam lançados nas próximas semanas. Enquanto isso, existe uma lista de links úteis para usuários que estejam dispostos a aprender mais sobre a mineração mesclada e sobre como configurar nós de mineração:

O que é mineração mesclada: https://github.com/rsksmart/rskj/wiki/Merged-Mining

Como configurar um nó RSK para ser usado de um pool de mineração mesclada: https://github.com/rsksmart/rskj/wiki/Configure-your-RSK-node-to-be-used-from-a-merge-mining-pool

 

Como posso recuperar meu token de uma carteira jaxx que era a única que tinha endereços RSK, quando a torneira da RSK existia?

Embora não ocorra com frequência, periodicamente nós planejamos novos reinícios da blockchain da RSK Testnet. Isso significa que todos os saldos de conta são zerados. Uma reinicialização da Testnet foi executada recentemente, então, não há como recuperar fundos da Testnet depois disso. A torneira ainda existe, e você pode obter RBTCs da Testnet lá: https://faucet.testnet.rsk.co/.

 

A RSK tem algum foco em melhorar o sistema atual de criptografia para o benefício da humanidade? 

A criptografia moderna é uma disciplina incrivelmente difícil e uma ciência formal. Alguns novos esquemas de criptografia, como zk-SNARKS, zk-STARKS ou zk-SHARKS, têm grande potencial para o escalonamento de segunda camada da RSK. No entanto, eles ainda são imaturos e precisariam de anos de revisão pelos pares e análises para serem usados com segurança. O melhor seria que essa análise fosse feita pelos principais criptógrafos do mundo, que geralmente trabalham na academia, e acho que nossa função na IOV Labs é estimular a pesquisa e, em última instância, criar programas de financiamento para ajudá-los a expandir suas equipes. A criptografia que realizamos na IOV Labs é aplicada: combinamos as melhores ferramentas que existem de maneiras inovadoras para extrair as melhores vantagens e melhorias entre largura de banda, computação e espaço. Por exemplo, desenvolvemos técnicas de assinatura dupla para agregação de assinaturas, que geram o menor consumo de recursos em espaço e computação para assinaturas históricas. 

 

Como a RSK planeja ser uma referência em termos de contratos inteligentes? 

Em primeiro lugar, somos a plataforma de contratos inteligentes mais segura no mundo, e recentemente alcançamos um número recorde de 51% de poder de hashing na rede Bitcoin. Então, a segurança é e continuará sendo uma de nossas quatro vantagens competitivas, e seguiremos trabalhando nisso. Em segundo lugar, a escalabilidade, que é um dos obstáculos para adoção em massa da blockchain, é e sempre será um de nossos quatro objetivos estratégicos. No laboratório de pesquisa da RSK, avaliamos novas propostas e trabalhamos em métodos de escalonamento com frequência, e estamos nos esforçando para desenvolver soluções para resolver essa questão. A RIF Lumino Network foi um marco importante nesse sentido, e estamos desenvolvendo também uma estrutura genérica e inovadora para escalar blockchains, o que é chamado de escalabilidade de cadeia encolhida (shrinking-chain scaling). Essa estrutura se baseia no insight de que blockchains podem ser compactadas, e também de que a técnica de compactação usada pode envolver interações com os usuários para reescrever partes antigas da blockchain. Isso significa que um bloco pode ser compactado após ser minerado. Isso é especialmente poderoso no caso de blockchains com VMs, para as quais compactar transações significa fornecer provas de execuções que são dispendiosas para gerar.

 

A RSK recomenda que uma pessoa com conhecimento inicial ou nulo aprenda a programação de contratos inteligentes? 

O desenvolvimento de contratos inteligentes tem suas particularidades e elementos que precisam de cuidado, especialmente em relação à segurança e a ambientes descentralizados nos quais são executados. Além disso, e embora muito trabalho esteja sendo feito nesse sentido, as ferramentas do desenvolvedor de contrato inteligente ainda estão em um estágio inicial de maturidade.

Dito isso, é absolutamente possível para uma pessoa com pouco conhecimento de programação aprender como criar contratos inteligentes seguros. Nosso recém-lançado Estúdio de Inovação em São Francisco trabalhará com a melhoria de materiais e de ferramentas de desenvolvedor, com a expectativa de contribuir para facilitar a aprendizagem de iniciantes.

 

Existem incentivos para que pools de mineração se juntem à RSK? Se sim, poderia nos informar sobre isso?

Claro, os mineradores ganham uma porcentagem alta das taxas de transação de cada bloco RSK que eles minerarem. Esses incentivos se tornarão cada vez mais interessantes, conforme a plataforma da RSK estimular a adoção e o número de transações na rede aumentar. Atualmente, estamos buscando outras formas de incentivar todos os principais participantes da RSK, inclusive pools de mineração, para alinhar melhor os incentivos enquanto a rede passa pelo bootstrap. 

Os pools de mineração que estão interessados em começar a minerar a RSK podem entrar em contato conosco em mining@rsk.co.

 

Como parte não tão técnica da comunidade, estive me perguntando: existem planos de fazer guias para aqueles que, como eu, não são muito experientes em blockchain? Como ainda estou aprendendo, acho que seria muito válido para os iniciantes.

Concordo plenamente com a necessidade de criar mais materiais e materiais melhores para aqueles que desejam entrar no mundo da blockchain, e ajudá-los a aprender com mais rapidez e facilidade. Recentemente, lançamos o Estúdio de Inovação em São Francisco, cujo objetivo é, entre outros, desenvolver conteúdos melhores (guias, tutoriais, etc.) para facilitar tanto para os usuários iniciantes quanto para os mais avançados começarem a trabalhar com blockchain e RSK. Teremos novidades sobre isso em breve.